Calvário


“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (João 3:16)


Porque Deus amou o mundo de tal maneira? Porque entregar seu único filho, se sabia que a humanidade tem o coração sempre inclinado para o mal desde a infância (Gn 8:21)? Porque condenar alguém que nunca pecou (1 Pe 2:22)?
 

Porque “não há salvação em nenhum outro, pois debaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual possamos ser salvos” (Atos 4:11). Por isso, Jesus foi o plano perfeito de Deus para salvar essa humanidade pecadora. Ele veio para que pudéssemos ter vida  em abundância (João 10:10b), para que através de sua obra redentora tivéssemos comunhão com Deus.


Assim como Adão era o representante da humanidade, e sua desobediência teve como consequência tornarmos-nos herdeiros de sua natureza pecaminosa, causando a  separação entre o homem e Deus (Isaías 59:2), por meio da obediência de Jesus Cristo obtivemos salvação, graça e livre acesso ao Pai (Efésios 2:18).


Por isso, “Jesus carregou pessoalmente o fardo dos nossos pecados em seu próprio corpo, quando morreu na cruz, a fim de que morrêssemos para o pecado e vivêssemos, daqui em diante, uma vida santa. Pois os seus ferimentos curaram os nossos!” (1 Pe 2:24)


Cristo crucificado



Que amor é esse, capaz de incomensurável sacrifício?
Esse amor é inexplicável, mas descritível, “Deus, no entanto, mostrou seu grande amor por nós, enviando Cristo para morrer por nós enquanto ainda éramos pecadores. Pois, seu desejo era que, através da morte de seu Filho, nos reconciliássemos com Ele" (Romanos 5:8,10). Esse imenso amor fez com que Jesus, “um cordeiro sem defeito e sem mancha” (1 Pedro 1:19), se tornasse maldito (Deuteronômio 21:23) por amor a mim e a você. 




Portanto, por meio do Filho, Deus resolveu trazer o Universo de volta para si mesmo. Ele trouxe a paz por meio da morte do seu Filho na cruz e assim trouxe de volta para si mesmo todas as coisas, tanto na terra como no céu. Antes, todos estavam longe de Deus e eram inimigos dele por causa das coisas más que faziam e pensavam. Mas agora, por meio da morte do seu Filho na cruz, Deus fez com que nos tornássemos seus amigos a fim de levar-nos à sua presença para sermos somente dele, não tendo mancha nem culpa” (Colossenses 1:20-22).


E o mais esplêndido de tudo é que a salvação é um dom gratuito de Deus (Efésios 2:8-9), ela é oferecida a todos, sem distinção de pessoas, não importa qual sua classe social, raça ou seu grau de instrução, pois o amor incondicional de Deus é por toda a humanidade e não apenas por algumas classes de pessoas (1 Timóteo 2:4-5).


Versículo João 3:16
João 3:16




Todavia, Jesus venceu a morte, no terceiro dia ressuscitou, e passou a viver dentro do coração de todo aquele que o tem como Senhor e Salvador. Se ainda não conheces esse Jesus, se ainda não o tens como Senhor de sua vida, este é o momento oportuno para assumir um compromisso com Ele. Não foi à toa que você chegou até esta reflexão, Deus te chama, deixa Jesus fazer parte de sua vida, deixe-o habitar em seu coração. 


Pois, se você confessar com seus próprios lábios que Jesus Cristo é o seu Senhor, crendo do fundo do coração que Deus o levantou dentre os mortos, você será salvo. Porque é crendo de coração que um homem se torna reto para com Deus; e com a boca é que se confessa a sua salvação” (Romanos 10:9-10).
Não perca essa oportunidade!



0 Comentários