Mulher orando - reflexão cristã evangelica

Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?  Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como não nos dará também com ele todas as coisas? (Romanos 8:31-32 ALM)


Paulo ensinavam que era preciso passar por muitos sofrimentos para entrar no Reino de Deus, animando os cristãos a terem coragem e permanecerem firmes (Atos 14:21). Quando aprendemos a confiar e esperar em Deus ,mesmo que todas as circunstâncias estejam “contra nós”, conseguimos  compreender que “Deus é por nós”, e portanto, suficientemente poderoso para agir em nosso favor (1 João 4:18), independente da situação, entendendo que o “nosso favor” não é esperar que aconteça tudo conforme a nossa vontade, mas que se cumpra a vontade de Deus em nossa vida, que é boa, perfeita e agradável.


Deus trabalha para o bem em todas as ocasiões, para cumprir seu propósito nas vidas daqueles que seguem ao seu chamado (Rm 8:28), seu agir não depende de iniciativa humana, nem das circunstâncias mutáveis do mundo, mesmo em meio às adversidades sua soberania prevalece. Ele não nos prometeu que não teríamos aflições, mas que estaria conosco nos fortalecendo para suportá-las (Mateus 28:20). Todos podemos experimentar das mesmas alegrias e provações, seja cristão ou incrédulo, a diferença entre os dois é que o incrédulo não consegue encontrar sentido algum naquilo que o aflige, enquanto que o cristão consegue enxergar as provações como uma forma de se tornar o que Deus o criou para ser, certo de que nada poderá separá-lo do amor de Deus (Rm 8:39).


Leia mais: 


Se Deus está sempre do nosso lado, batalhando por nós, o que pessoas ou coisas poderão fazer contra nós? Se o Emanuel – Deus conosco – está a nosso favor podemos até ficar aflitos, mas não somos derrotados. Algumas vezes ficamos em dúvida, mas não ficamos desesperados. Somos perseguidos, mas percebemos que nunca nos falta um amigo. Somos gravemente feridos, mas não somos destruídos e "mesmo que o nosso corpo vá se gastando, o nosso espírito vai se renovando dia a dia" (2 Coríntios 4:8-9,16). Tudo isso acontece dessa forma quando paramos de prestar atenção nos “contra”, que são as coisas que se veem, que é temporal, passageiro e  começamos a olhar fixamente para o “é por nós”, que são as coisas que não se veem, pois o que não pode ser visto dura para sempre (2 Coríntios 4:18). 


É também nas aflições que temos oportunidade para provar nossa fé e confiança em Deus, pois olhamos mais atentamente para nosso interior (Sl 139:23-24), por meio dessa análise Deus nos aponta o que precisamos deixar completamente aos seus cuidados, confiando providência divina, pois em todas as circunstâncias somos mais que vencedores em Cristo Jesus (Rm 8:37). Deus está a nosso favor, nunca contra nós. 


Diante de tudo isso reflita: Se Deus é por nós, se ele batalha por nós, porque iremos permitir que os obstáculos, nos parem no meio do trajeto? Eles podem até nos fazer diminuir a velocidade, mas nunca desistir, pois quem tem o Deus conosco segue até o fim. Assim, as afrontas, perseguições, aflições, o “Quem será contra nós?” estarão sempre no caminho do cristão, porém, o fundamental é jamais esquecer o início desse versículo “Deus é por nós”.


0 Comentários