Livro onde mora o amor sobre a mesa


Jill Mansell nos presenteia com esse romance leve e delicado. Possui uma narrativa simples, embasa temas típicos da realidade, como: Conflitos familiares, traição, superação, amizade e amor incondicional. Esse é o segundo livro da autora na coleção Romances de Hoje da editora Arqueiro.


Capa divulgação livro onde mora o amor
Sinopse: Dexter Yates adora sua vida despreocupada em Londres. Além de lindo e rico, mora em um apartamento chique e está sempre acompanhado de belas mulheres. Mas tudo se transforma da noite para o dia quando a irmã morre, deixando a pequena Delphi, de apenas oito meses. Sem a menor ideia de como cuidar sozinho de um bebê, ele resolve se afastar da correria da cidade grande e se muda para sua casa em Briarwood. Dex não está acostumado ao ambiente intimista do vilarejo, em que todo mundo se conhece e todas as histórias se entrelaçam. Os moradores o recebem de braços abertos, sobretudo sua vizinha de porta, a talentosa quadrinista Molly, que se oferece para ajudar com Delphi. Ela tem um passado amoroso catastrófico e muita cautela, mas nasce entre os dois uma inegável conexão. Se Dex vai conseguir se adaptar a essa nova vida e encontrar o amor de verdade, ele primeiro terá muito a aprender: sobre Molly, sobre Delphi, sobre os segredos dos outros e, principalmente, sobre si mesmo. 

 Adquira o livro na Amazon



Um livro repleto de personagens peculiares, com vidas que se cruzam, se envolvem e se ajustam. Podemos encontrar o bonitão, rico, bem-sucedido e mulherengo que passa por uma metamorfose, ao se deparar com uma situação pela qual julgava incapaz de transpor, e de repente, se vê transformado pelo amor; uma quadrinista amável e amiga leal; um grandalhão de coração delicado e sensível; o lobo em pele de cordeiro, enfim, personalidades diferentes bem colocadas dentro da trama.


O pano de fundo da história chama-se Dexter Yates, o protagonista, o bonitão rico e mulherengo, acima citado, que após ser pego  de surpresa por uma desses lamentáveis catástrofes  da vida, fica com a incumbência de criar sua sobrinha, a pequena Delphi, de apenas oito meses. E, a partir daí, começa a transformação de Dexter, rumo à uma nova vida de responsabilidade, dedicação e muito amor.  E a sua primeira mudança é deixar seu apartamento chique e sua badalada vida em Nova Iorque para morar em seu chalé na pequena cidade de Briarwood, onde terá a receptividade dos moradores e ajuda de sua vizinha Molly. Como se adaptar a uma vida pacata e ainda cuidado sozinho de um bebê?


Mas, porque você a ama incondicionalmente,  vai fazer o que for necessário para que ela fique bem.

 


Onde mora o amor, é um romance que demorou tanto a acontecer entre os personagens, que em certo momento, a história parecia que tomaria outro rumo, ou seja, o envolvimento amoroso dos protagonistas se desenvolve bem lentamente. No entanto, a amizade e cumplicidade entre os dois cresce a cada dia, e por sinal, muito bonita. E, as descrições da bebê são tão realista que da vontade de pegá-la no colo. Também, traz outras tramas paralelas, de  personagens coadjuvantes, mas que se correlacionam dentro da história, o que deixou a leitura mais envolvente. Porém, achei que, quando há muita histórias juntas, nem todas se desenvolvem por completo, e devido a isso, a relação dos protagonistas foi se postergando. Todavia, a mensagem principal permanece ao demonstrar várias formas de amor.


O livro é de uma narrativa bem simples, uma leitura tranquila e rápida, onde o amor é o sentimento mais exaltado, porém não é uma daquelas histórias impactantes, que te deixam sonhando acordada, com gostinho de quero mais, mas com certeza, é daquelas que aquece o coração.  Se você não tem um segundo a perder descubra onde mora o amor.


Título: Onde mora o amor

Autora: Jill Mansell

Eitora: Arqueiro (1ª Ed. 2019) 

Coleção Romances de hoje

Páginas: 368


Trechos do livro

Você não é Michelangelo trabalhando em um pedaço de três toneladas de mármore de Carrara. É só uma folha de papel. Se der para consertar com a borracha, conserte. Se não der, vire a página e comece de novo.

 

Tenho orgulho de quem sou, mesmo que os outros não tenham.

 

Era só uma questão de ter coragem, ousar correr o risco. Frankie inclinou a cabeça para trás e sentiu a alegria plena daquele momento.


Stefan botou as mãos  nos ombros dela e a fitou com toda a intensidade. 

 – Nunca deixei de amar você. Nem por um segundo. E agora você voltou. Perdemos muito tempo, Hope. Você é meu mundo, sempre foi...

[...]

Linda. A garota mais linda do mundo.

– Garota...

– Você sempre vai ser uma garota para mim.


Enquanto a observava, Dexter sentiu aquela onda interior de alegria mais uma vez. Não tinha contado isto para ela porque ser meloso tinha limite, mas a cada dia que acordava a amava mais do que no dia anterior. E todos os dias agradecia a Deus por não ter aparecido um outro sujeito antes para ficar com ela. Só em pensar que poderia tê-la perdido.

 Compre o livro na Amazon

 

0 Comentários