Livro Virgin River

Um livro sobre recomeços...

Sinopse:

Mel sentia que estava sem forças, em frangalhos. E isso não se comparava à solidão da sua cama vazia. Os amigos tinham implorado a ela que ignorasse o impulso de fugir para uma cidade desconhecida, mas nem os grupos de apoio nem a terapia a dissuadiram da ideia. Frequentara mais a igreja nos últimos nove meses do que nos dez anos anteriores, mas nada ajudara. O único alento era sua fantasia de fugir para algum vilarejo no interior, onde os moradores não precisavam trancar as portas e a única coisa a temer era a possibilidade de um cervo comer as plantas do jardim. Um lugar que parecesse um cantinho do paraíso. Agora, olhando as fotos à luz pálida do interior do carro, Mel se deu conta do quanto fora ridícula. Recostou-se no banco e fechou os olhos. Um rosto muito familiar surgiu em sua mente: Mark. Às vezes, a vontade de vê-lo mais uma vez, de falar com ele só por um momento, era esmagadora. Não se tratava apenas da dor, mas da simples falta que ele fazia; sentia saudade de ter um companheiro em quem se apoiar, de esperar sua chegada e de acordar ao seu lado.

— O que existe entre nós é para sempre.

O ‘para sempre’ tinha durado quatro anos.

Virgin River, da autora Robyn Carr, narra a história de Mel e Jack, ela uma enfermeira especializada em partos e ele um ex-militar. Duas vidas traumatizadas tentando um novo começo.

Mel dirigindo -  série Virgin River
Mel morava em Los Angeles, mas após sofrer um grande trauma com a morte do seu amado marido, vivendo o luto, decide se afastar da cidade grande e das lembranças que a consomem, assim, ela decide recomeçar indo trabalhar em uma cidadezinha com apenas seiscentos moradores, em busca de um lugar para sonhar.

Jack, personagem da série Virgin River
Jack é um ex-fuzileiro naval que após retornar do Iraque, também procurou uma cidade pacata para tentar esquecer os traumas deixados pela guerra. Se tornou um morador muito querido na cidadezinha, possui um bar/restaurante que é o point de encontro das família da cidade, além de ser um personagem apaixonante.

Mel e Jack protagonistas da série Virgin River

Ao chegar em Virgin River, Mel encontrou algumas dificuldades, principalmente com o médico orgulhoso e rabugento que a rejeitou, pois queria continuar trabalhando sozinho, além de não ter onde ficar, devido a cabana onde iria morar está caindo aos pedaços. Mas, ao conhecer o charmoso e bom coração, Jack, tudo começa a mudar...

A autora descreve um cenário com paisagens e animais que deixa a trama ainda mais atraente, também traz temas bem interessante e dramáticos como: traumas pós-guerra e luto, infertilidade e tráfico. Porém, é um livro introdutório, não vai a fundo nas questões a cima mencionadas, além de terminar de forma abrupta. Sabe aquela história que tem um desfecho, chega ao fim, mas você sente que deveria continuar com mais algumas páginas, pois é... um livro muito bom, de leitura agradável, com personagens cativantes.

Em 2019, a Netflix lançou uma série adaptada neste livro, juntamente com outras obras da autora Robyn Carr, que já está na  temporada, a história central é a mesma do livro, no entanto, narrada de forma completamente diferente. É uma série encantadora, tem uma paisagem linda, vale a pena acompanhar.

Capa do livro Virgin River
Nome original: Virgin River – Um lugar para sonhar

Autora: Robyn Carr

Editora: Harlequin (2020)

Número de páginas: 320



0 Comentários