Crianças sentadas lendo

E aí, um dia você resolve que precisa começar a ler, porque sabe que a leitura traz muitos benefícios, esse despertar normalmente acontece como uma meta no início do ano, mas por preguiça, falta de tempo ou por não gostar de ler, vai adiando e o ano termina e você não lê nada. 

Então, por onde começar? 

Pensando nisso, trouxe uma lista de cinco livros que podem ser lidos por todo o público literário, com leitura simples e agradável, poucas páginas, com histórias marcantes e  emocionantes. Afinal “incentivar a leitura é a forma mais eficaz de disseminar cultura e valores, incitar a imaginação e despertar a criatividade”.

Vamos lá!

1. Extraordinário – J. R. Palacio 

Devemos ser mais gentis que o necessário

“Ser gentil não é o suficiente. Devemos ser mais gentis do que o necessário.”

Resenha:

Da autora  R.J. Palacio, o livro “Extraordinário” narra a história de August Pullman, carinhosamente chamado de Auggie, um garoto de dez anos que nasceu com uma síndrome genética, Treacher Collins, que causou uma severa  deformidade na face, realizou muitas cirurgias ao logos dos anos, no entanto, ele é uma criança de bem com a vida.

Com medo dos julgamentos que Auggie enfrentaria e devido as cirurgias que estava sempre fazendo, seus pais não o colocaram na escola , sua mãe era sua professora. Mas, após Auggie completar dez anos, eles decidiram que a hora havia chegado. E a partir daí, começa a linda história de superação, na batalha contra o preconceito.

É um livro maravilhoso, um dos melhores que já li. Traz uma linda história de superação, retratando o bulling, preconceito e respeito às diferenças.

Saiba mais sobre este livro acessando a Resenha completa.

“Extraordinário” foi adaptado para o cinema e lançado em 2017, dirigido por Stephen Chbosky.

Título: Extraordinário

Autor: J. R. Palacio  

Editora: Intríseca (1⁰ Ed. 2014)

Páginas: 208

2. O pequeno Príncipe - Antonie De Saint-Exupéry 

O essencial é invisível aos olhos

“só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.”

Sinopse:

Um piloto cai com seu avião no deserto e ali encontra uma criança loura e frágil. Ela diz ter vindo de um pequeno planeta distante. E ali, na convivência com o piloto perdido, os dois repensam os seus valores e encontram o sentido da vida. Com essa história mágica, sensível, comovente, às vezes triste, e só aparentemente infantil, o escritor francês Antoine de Saint-Exupéry criou há 70 anos um dos maiores clássicos da literatura universal. Não há adulto que não se comova ao se lembrar de quando o leu quando criança. Trata-se da maior obra existencialista do século XX, segundo Martin Heidegger. Livro mais traduzido da história, depois do Alcorão e da Bíblia, ele agora chega ao Brasil em nova edição, completa, com a tradução de Luiz Fernando Emediato e enriquecida com um caderno ilustrado sobre a obra e a curta e trágica vida do autor.

É um daqueles livros que te encanta e faz sonhar, escrito para crianças, jovens e adultos, não há idade quando o assunto aqui é viajar no universo desta obra prima.

Em 2015, no Brasil, foi lançado o longa baseado no livro, dirigido por Mark Osborne.

Título: O pequeno príncipe 

Autor: Antoine de Saint-Exupéry

Editora: Escala (1⁰ Ed. 2015)

Páginas: 96

3. O menino no espelho - Fernando Sabino

Quer conhecer o segredo de ser um menino feliz

“- Você quer conhecer o segredo de ser um menino feliz para o resto de sua vida?

- Quero – respondi.

 - Pense nos outros.”

Sinopse:

A literatura brasileira ganha um novo personagem. Tom Sawyer, Mogli, Alce, Gulliver, Pinóquio e o Pequeno Príncipe tem um companheiro entre nós: o menino Fernando, que vem a ser o próprio autor, a viver todas as fantasias de sua infância em aventuras mirabolantes. Ensina uma galinha a conversar, aprende a voar com os pássaros, fica invisível, encontra-se com Tarzã e Mandraze, visita o Sítio do Picapau Amarelo. E, no menino que se vê no espelho, descobre o melhor de si mesmo, a projeção do ideal de pureza que só uma criança pode alcançar – simbolizada, de maneira luminosa, na libertação dos passarinhos. Um mundo mágico de surpresa e deslumbramento, desvendado por um Fernando Sabino com maestria – um romance para ser lido, com igual encantamento, por crianças e adultos.

De linguagem simples e divertida, um livro que faz você rir com as travessuras de Fernando e voltar a reviver a criança que um dia fomos e que ainda ficou em cada um de nós.

O filme foi lançado em 2014, dirigido por Guilherme Fiúza Zenha.

Título: O menino no espelho

Autor: Fernando Sabino

Editora: Record (59⁰ Ed.2001)

Páginas: 204

4. A revolução dos bichos - George Orwell

Já era impossível distinguir o homem do porco.

“As criaturas de fora olhavam de um porco para um homem, de um homem para um porco e de um porco para um homem outra vez; mas já era impossível distinguir quem era homem, quem era porco.“ 

Sinopse:

Verdadeiro clássico moderno, concebido por um dos mais influentes escritores do século XX, A revolução dos bichos é uma fábula sobre o poder. Narra a insurreição dos animais de uma granja contra seus donos. Progressivamente, porém, a revolução degenera numa tirania ainda mais opressiva que a dos humanos.

Escrita em plena Segunda Guerra Mundial e publicada em 1945 depois de ter sido rejeitada por várias editoras, essa pequena narrativa causou desconforto ao satirizar ferozmente a ditadura stalinista numa época em que os soviéticos ainda eram aliados do Ocidente na luta contra o eixo nazifascista.

O livro narra a história dos animais de uma granja que se unem numa revolução contra seu dono que, além de explorar, deixa os animais passarem fome. Retrata a opressão e a luta pela liberdade.

Adaptado para o cinema em 1999, dirigido por John Stephenson.

Título: A revolução dos bichos

Autor: George Orwell

Editora: Via leitura (1⁰ Ed. 2021)

Páginas: 94

5. O Meu pé de laranja lima - José Mauro de Vasconcelos

A alegria é um sol brilhante dentro do coração

“Você precisa saber que o coração da gente tem que ser muito grande e caber tudo que a gente gosta.”

Sinopse:

Um clássico da literatura brasileira, com adaptações para a televisão, o cinema e o teatro, O Meu Pé de Laranja Lima é desses livros que marcam época. Lançado em 1968, trata-se de uma história fortemente autobiográfica, que demonstra a mão de um escritor experiente, ciente do efeito que pode provocar nos leitores com suas cenas e a composição de seus personagens. O protagonista Zezé tem 6 anos e mora num bairro modesto, na zona norte do Rio de Janeiro. O pai está desempregado, e a família passa por dificuldades. O menino vive aprontando, sem jamais se conformar com as limitações que o mundo lhe impõe – viaja com sua imaginação, brinca, explora, descobre, responde aos adultos, mete-se em confusões, causa pequenos desastres. As surras que lhe aplicam seu pai e sua irmã mais velha são seu suplício, a ponto de fazê-lo querer desistir da vida. No entanto, o apego ao mundo que criou felizmente sempre fala mais alto. Só não há remédio para a dor, para a perda. E Zezé muito cedo descobrirá isso. A alegria e a tristeza não poderiam estar mais bem combinadas do que nestas páginas. E isso, se não explica, justifica a imensa popularidade alcançada pelo livro.

Um livro com um vasto campo de temas sociais que apesar de serem, constantemente, refletidos e debatidos, nunca se finda de existir.

Foi adaptado pela primeira vez em filme em1970, dirigido por Aurélio Teixeira.

Título: Meu pé de laranja lima

Autor: José Mauro de Vasconcelos

Editora: Melhoramento (1⁰ Ed. 2019)

Paginas: 232

Idade recomendada: A partir de 11 anos

Gostaram da lista? Depois volta aqui e me conta como foi a leitura. 


0 Comentários