A felicidade estampada no sorriso feliz da mulher

Felizes os que guardam os mandamentos de Deus e lhe obedecem de todo o coração! (Sl 119:2)

A Felicidade é a sensação de intensa alegria e satisfação, um contentamento espiritual que nos reveste de paz, serenidade, estabilidade e tranquilidade. 

Mas como mantê -la em meio a angústias, tristezas, desânimo e frustrações? Existem circunstâncias que afetam nossas atitudes e formas de enxergar cada situação, no entanto a felicidade é uma questão de escolha, pois imprevistos que nos darão motivos para ficarmos infelizes, acontecerão por toda a vida, porém, por meio de Cristo, temos o poder de escolher como vamos reagir a esses acontecimentos. 

Eu me alegro também com as fraquezas, os insultos, os sofrimentos, as perseguições e as dificuldades pelos quais passo por causa de Cristo. Porque, quando perco toda a minha força, então tenho a força de Cristo em mim. (2Co 12:10)

O mundo nos ensina que a felicidade está nas riquezas, bens materiais, ter uma casa luxuosa, o carro do ano, enfim... conquistar tudo isso é muito bom, mas é uma felicidade momentânea, ao depositarmos nossas alegrias nelas, nunca seremos realmente felizes, pois sempre faltará algo que nos completará. Por isso, ser verdadeiramente feliz é compreender e desfrutar de tudo o que o Senhor nos proporcionou e não nos inquietar com o que nos foi tirado ou o que não nos foi concedido (Mt 6:33-34), é confiar no poderio de Deus, crendo que Ele fará todas as situações cooperarem para o nosso bem (Rm 8:28).

Mas, esta felicidade só nasce quando mantemos uma vida de obediência e fé no Senhor. Assim, não basta apenas ouvir a palavra de Deus é necessário estar firmado nela, praticá-la e sentirás a felicidade que o mundo jamais poderá te oferecer e que Cristo oferece a todo momento, portanto escolha a felicidade permanente que vem de Deus.

Feliz aquele que teme a Deus, o SENHOR, e vive de acordo com a sua vontade! Se você for assim, ganhará o suficiente para viver, será feliz, e tudo dará certo para você. (Sl 128:1-2)

0 Comentários