ESTER 1-10


OBJETIVO: Apresentar todos nossos caminhos ao Senhor para que ele nos direcione, acreditando que a oração nos aproxima de Deus.


VERSÍCULO PARA DECORAR : “A oração do  justo pode muito em seus efeitos.” (Tiago 5:16b)


DINÂMICA : Barbante da oração 
Materiais:
01 chocolate (Deus)
1m de barbante (oração)
02 palitos de picolé (pessoa)
Antecipadamente, amarre o chocolate no meio do barbante e os palitos de picolé um em cada  lado do barbante.
Procedimento: Peça a duas crianças para ficarem cada uma de um lado, segurando no palito que está na ponta do barbante, e pede que as seu comando os dois deverão enrolar o palitos no barbante até chegar ao chocolate, quem chegar primeiro ganha.
Aplicação: Quanto mais você enrolar o palito (pessoa) no barbante (oração) mais perto você ficará do chocolate (Deus). 
Assim acontece conosco, quanto mais oramos mais perto ficamos de Deus.
Vamos decorar o versículo antes de começarmos nossa aula?

Versiculo para decorar

Iremos conhecer uma rainha muito linda e corajosa chamada Ester. 
A judia corajosa

Em Susã, havia um rei chamado Assuero, que estava dando uma festa para exibir as riquezas do seu reino.


Então, ele manda chamar a rainha Vasti para expor sua beleza para as pessoas. Porém ela recusa ao chamado do rei.
Por isso, o rei ficou muito furioso e decidiu tirá-la do seu cargo de rainha.

Para substituí-la o rei mandou buscar todas as jovens belas do reino para escolher uma delas.
Entre essas jovens havia uma que se destacou mais que as outras por sua grande beleza, o nome dela é Ester.

Ester era uma judia muito bonita, e também era órfã, ou seja, seu papai e sua mamãe  haviam morrido.
Ela Foi criada por seu primo Mordecai que a tratava como filha e pediu pra ela não revelar que era judia.


As jovens passaram doze meses se embelezando. E após um ano as jovens são levadas à presença do rei.
O rei se encanta com a graciosidade de Ester e a ama mais que  as outras. Então ela é coroada rainha no lugar de Vasti.

Mesmo após se tornar rainha, Ester continuava sendo obediente a Mordecai que sempre ia ao palácio visitá-la.
Em umas dessas visitas ele ouve dois oficiais planejando matar o rei. 


Mordecai conta o que ouviu a Ester, e ela vai logo avisar ao rei.
O rei manda enforcar os oficias que queriam matá-lo, e registra os acontecimentos no livro das crônicas do reino. 

Algum tempo depois...
Um dos homens do rei, chamado Hamã , é colocado como primeiro ministro do reino. Assim, foi publicado um decreto ordenando que todos deveriam se prostar perante Hamã. Mas, Mordecai era judeu e servo de Deus, ele se recusava curvar-se diante de Hamã. 


Hamã fica furioso com Mordecai e pediu ao rei pra fazer um decreto ordenando destruir os judeus pois não o adoravam.
O rei concede o pedido de Hamã e lhe entrega seu anel, para publicar o novo decreto em que o todo povo judeu fosse destruído no dia 13 de Adar.
Quando Mordecai fica sabendo do decreto para destruir os judeus ficou muito triste e se veste de saco cinza.
Ele manda Hatá contar a Ester o plano de Hamã e pedir para que ela fale com o rei intercedendo pelo povo.

Hatá dá o recado de Mordecai a Ester. Mas, ela sabia que se alguém fosse falar com o rei sem ser convidado seria morto.
Por isso, Ester manda Hatá fala a Mordecai que ele e todo o povo judeu ore e jejue por três dias que ela e suas servas fariam o mesmo.


Passados os dias de jejum, Ester vai a presença do rei.
O rei, ao vê-la, estende seu cetro de ouro e diz: “pede-me o que quiseres e até metade do reino eu te darei.” (Et 5:3)
Ester pede ao rei, para ele e Hamã irem a um banquete que ela fará.

Durante o banquete, o rei pergunta a Ester qual era o seu pedido, a rainha, porém pede que ele vá a um novo banquete no dia seguinte.
Depois do banquete Hamã vai pra casa, e sua mulher que é tão má quanto ele, o aconselha fazer uma forca para Mordecai.
O rei vai para o seu quarto, mas não consegue dormir. Então, manda seu servo trazer o livro das crônicas e lê para ele. Ao ler, chega -se ao ponto em que consta o aviso de Mordecai sobre a trama dos oficiais para matar o rei.


O rei, manda chamar Hamã e pergunta:
- o que poderia ser feito para honrar um homem?
Hamã pensando que esse homem seria ele diz:
-Vista-o com as roupas reais, coloque a coroa na sua cabeça, monte no cavalo do rei e desfile pela cidade.
Para sua surpresa, o rei fala:
- Apressa-te Hamã e faça tudo isso com o judeu Mordecai.
Então, Hamã cheio de raiva, sai pela cidade desfilando com Mordecai.


No dia seguinte, ocorre o novo banquete e a rainha Ester revela que é judia e fala sobre o plano de Hamã para destruir o seu povo.
O rei fica furioso com Hamã, por querer destruir todo o povo da sua rainha amada e decide enforcá-lo na própria forca que Hamã havia construído para Mordecai. 


 O rei publica um novo decreto autorizando os judeus a guerrearem e se defenderem contra todos que os atacassem. 
A guerra ocorre e os judeus vencem, evitando a destruição de seu povo.
Até hoje esse episódio é celebrado pelo povo judeu, com uma festa chamada de Purim.


CONCLUSÃO 

O que nós podemos aprender com essa história?
Que Deus está no controle de todas as coisas, independente das circunstâncias pelas quais estejamos passando, podemos sempre pedir a ajuda de Deus, por meio da oração, pois a oração de um justo pode muito em seus efeitos. Quando for tomar uma decisão difícil peça direção de Deus e ele te guiará pelos caminhos corretos.


ATIVIDADE

Após a pintura e colagem das roupas reais na rainha Ester, você também pode colar um palito de picolé e fazer um fantoche, as crianças levarão para casa e contarão a história para seus pais.

Fantoche da rainha Ester

Montagem em que Mordecai desfila no cavalo real, mostrando que Deus honra aqueles que agem com lealdade.
Mordecai e o cavalo real


ORAÇÃO FINAL

Orem referenciando o tema da aula.
Veja também a lição 05 - Daniel na cova dos leões.

0 Comentários