JUIZES 4:1-24

OBJETIVOS: Saber que precisamos sempre obedecer aos mandamentos do Senhor e acreditar que Deus estará sempre ao nosso lado nos guiando na direção certa.

VERSÍCULO PARA DECORAR: “...Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes.” (1 Coríntios 1:27)

QUEBRA-GELO: O mestre mandou

Materiais: Levar algo para presentear o vencedor. (É aconselhado levar algo para toda turma e distribuir no fim da aula)

Procedimento: O professor(a) pedirá que eles façam os movimentos, específicos e alternados (mestre mandou levantar braço direito, mestre mandou levantar a perna esquerda, mestre mandou dar um pulo, etc) e os alunos terão que repetir. O aluno que não fizer o mesmo movimento coretos sai da brincadeira. Vence quem ficar por último.

Aplicação: Da mesma forma que tivemos que fazer tudo que o mestre mandou na brincadeira, devemos fazer tudo o eu Deus nos mandar, obedecendo em todo tempo confiando que Deus estará sempre por perto nos conduzindo e no ajudando em tudo o que precisarmos.

Débora, a juíza profetisa e guerreira

 Hoje vamos conhecer uma heroína da fé, que era uma mulher corajosa, juíza e profetisa. Vocês sabem o nome dela. (Aguarde as crianças responderem)

Ela se chama Débora.

Antes de começar a história vamos decorar o versículo da nossa aula:

 “...Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes.” (1 Corintios 1:27)

Houve uma época em que o povo de Israel esqueceu-se de Deus e começaram a adorar outros deuses.

Por isso, o Senhor não lutava com eles. Assim o povo foi dominado por Jabim, o rei de Canaã que por 20 anos maltratou o povo de Israel.

Ele tinha um comandante chamado Sícera e um exército com 900 carros.


O povo de Israel pediu socorro a Deus.

Deus deu ao povo uma líder forte, profetisa, chamada:

Débora, a juíza guerreira

Ela era uma dona de casa corajosa e conselheira, uma mãe para o povo

Quando as pessoas tinham algum problema iam até ela, Débora os atendia a sombra de uma palmeira, e sugeria soluções para seus problemas.

Ela era uma Juíza defensora do povo de Israel.

Certo dia, ela mandou chamar Baraque e falou:

— O Senhor manda que você escolha dez mil homens para lutar contra o exército de Jabim, ele vai trazer o comandante Sícera que virá com o exército de 900 carros, e ele fará você vencer.

Baraque disse:

Só rirei se você for comigo.

Débora respondeu:

—Eu irei com você!

Débora foi com ele, ajudou formar o exército e deu sugestões para a batalha.

No dia da batalha Débora falou a Baraque:

—Hoje é o dia que o Senhor lhe dará a vitória sobre Sísera. O Senhor está com você!

Na hora da batalha, Deus enviou uma tempestade e os soldados inimigos ficaram confundidos, seus carros se atolaram na lama. E todo o exército foi destruído.


O comandante Sícera, quando viu seu exército destruído, fugiu.


Foi para casa de uma mulher chamada Jael, mas ela o enganou e matou.

Quando Baraque que estava perseguindo ele chegou já o encontrou morto.

Assim os israelitas derrotam o rei Jabim. E Débora elevou um cântico de louvor a Deus.

CONCLUSÃO

Débora confiava em Deus. A fé nos ajuda a caminhar na direção que Deus mandar.

Débora obedeceu à direção de Deus , ela acreditou que Deus iria junto com ela, lutaria por eles e lhes daria a vitória.

 Nós também não lutamos sozinhos, quando vocês estiverem com medo ou com algum problema, orem a Deus pedindo ajuda. Deus sempre nos ouve e está pronto a ajudar.

ATIVIDADE:

Está atividade com algumas cenas da história pode ser utilizada para revisar a lição aplicada. 

Pintura em que Débora e Baraque louvam a Deus, para  enfatizar que devemos sempre agradecer a Deus por seus frutos.
Nesta atividade, vemos Débora em baixo da palmeira aconselhando, com ela podemos ensina que devemos pedir conselho de como agir a Deus, antes de qualquer situação.
ORAÇÃO FINAL

Pedir para uma criança orar ou ore você mesmo(a). Orem pelos pedido, aniversariantes da semana, se houver, e pelo que foi estudado na lição, pedindo a Deus que lhe dê direcionamento.

VEJA TAMBÉM:

0 Comentários