Base bíblica Gn 11:1-9

Objetivo: Compreender que não podemos ser orgulhosos, sendo obedientes e fazendo a vontade de Deus.

Versículo para memorizar: Felizes as pessoas humildes, pois receberão o que Deus tem prometido. Mateus 5:5

Metodologia/Estratégias: Nesta aula utilizei o método explicativo e recursos visuais. Para o quebra-gelo utilizei imagens de pessoas e frases em outros idiomas. Também confeccionei uma torre e fantoches feitos com rolos de papel higiênico e uma escada feita com palitos de picolé.

Quebra-gelo: Então crianças, o nosso planeta é bem grande, cheio de pessoas diferentes. E essas pessoas moram todas no mesmo lugar ou em lugares diferentes? [Aguarde as crianças responderem]. Isso mesmo, em lugares diferentes, e também falam vários idiomas (mostre imagens com as pessoas e frases em outros idiomas). Vocês já viram alguém conversando em outro idioma? [Aguarde as crianças responderem.]
Mas por que será que as pessoas falam em idiomas diferentes, se no início de tudo todos falavam a mesma língua? É o que vamos aprender agora!

UMA GRANDE CONFUSÃO

 A construção da torre
Os filhos de Noé tiveram muitos filhos, netos e bisnetos...e então o mundo começou a ficar cheio de pessoas depois do dilúvio.
As pessoas moravam pertinho uma das outras e falavam a mesma língua. É muito bom morar perto dos primos, do vovô e da vovó... Às vezes temos que ir morar em outro lugar e ficar longe dos parentes, dá uma saudade! Alguém aqui tem parentes que moram em outra cidade? [Aguarde as crianças responderem] A família de Noé queria morar bem juntinho. Mas Deus deu uma ordem a eles: nada de morar juntinho! Eu quero que vocês se espalhem pelo mundo. [leia Gêneses 9:1]
Mas as pessoas não quiseram obedecer a ordem de Deus e então eles tiveram um plano. Alguém sabe qual foi o plano que eles tiveram? [Aguarde as crianças responderem] Eles planejaram construir uma cidade e uma torre bem alta que chegasse até o céu, porque assim ficariam muito conhecidos e importantes e não seriam espalhados pelo mundo.  Essas pessoas eram muito orgulhosas e não se lembravam mais de Deus. [Mostre a torre e os personagens na construção]
Esse tipo de orgulho é pecado (quando alguém acha que é melhor que os outros) e Deus fica triste quando nos sentimos assim. Por isso não devemos ser assim, porque desagrada a Deus!

Deus tudo vê
Deus viu o que as pessoas estavam fazendo e como elas se sentiam orgulhosas e que tinham se esquecido dEle e queriam ser mais importantes que Ele. Ninguém perguntou a Deus o que era certo fazer.
As vezes nós somos assim também. Achamos que não precisamos de Deus, nem nos lembramos dEle quando temos que tomar alguma decisão. Quando tiram boas, notas vocês se lembram  que foi  Deus que deu a inteligência e boa memória ou ficam se “achando” o bonzão?  [Aguarde as crianças responderem]
Na hora que sentirem vontade de fazer alguma coisa errada, porque não tem ninguém olhando, lembra que Deus tudo vê e ele não tira os olhos de você.

Línguas diferentes 
Então, Deus viu que aquelas pessoas todas juntas poderiam fazer coisas muito ruins. Daí Deus decidiu confundir a língua. E as pessoas começaram cada um a falar uma língua diferente. E ninguém entendia mais nada. Imaginem aí, como ficou na construção da torre, um homem pedido o tijolo e o outro passando areia? Deve ter gerado uma grande confusão, todo mundo falando ao mesmo tempo e ninguém entendia nada.  Assim, fica difícil continuar construindo, por isso foi preciso que as pessoas se dividissem em grupos (cada grupo falando uma língua) e se espalharam por toda a terra. Assim, foi feita a vontade de Deus. Se eles tivessem escolhido obedecer a vontade de Deus logo no início, toda essa confusão não teria acontecido. E o nome que deram a torre foi “Babel” que significa “confusão”.

Conclusão
Precisamos sempre obedecer a Deus, pois a vontade Dele “é boa, perfeita e agradável”. Vamos ler Romanos 12:1-2. [leia com as crianças]. Às vezes não queremos obedecer a Deus, porque desejamos fazer a nossa vontade. Mas precisamos lembrar que seremos muito mais felizes se aprendermos a obedecer a Deus.

Dinâmica – Torre de Babel

 Objetivos:
Concluir o estudo sobre a Torre de Babel.
Contextualizar o tema para a vida prática dos alunos. 

Material:
01 copo descartável para cada aluno
Caneta Piloto

Procedimento: 
Após o estudo sobre a Torre de Babel, falem para os alunos que nós também cometemos erros e não fazemos a vontade de Deus.
Entreguem para cada aluno, um copo descartável.
Vamos construir uma torre esses copos estão representando os tijolos. Nestes tijolos vamos escrever os nomes dos sentimentos que fazem o homem desobedecer a vontade de Deus, igual as pessoas que construíram a torre de Babel.

Como por exemplo: Mentir, ser orgulhoso, falar palavrão, falsidade, brigar, desobedecer, etc.

Os nomes que os alunos forem falando devem ser escritos no copo descartável, utilizando caneta piloto.
Depois comecem a montar a torre e falem que assim como essa torres, as pessoas que possuem essa base de sentimentos não serão aprovados por Deus e cairão por terra. (nesse momento derrubem a torre de copos)

“Fazei tudo como se fosse para o Senhor.”
Toda honra e toda glória ao nosso Deus!

0 Comentários