Criança lendo sentada no sofá

Certamente você já deve, alguma vez na vida, ter feito esta pergunta: Por que meu filho não gosta de ler? Pois é, esse é o dilema de muitos pais.


Que a leitura traz inúmeros benefícios, isso é uma grande evidência, pois desenvolve o cognitivo, amplia o conhecimento, dar asas à imaginação, enriquece o vocabulário, dentre vários outros, a lista é longa. Mas, infelizmente, muitas crianças não gostam de ler, na realidade, muitas detestam, principalmente nessa era digital, cheio de estratégias eletrizantes para prenderem a atenção dos pequenos. 


Porém, existem razões pelos quais não gostam de leitura, e às vezes, os próprios pais contribuem para isso. Continue lendo o post e conheça cinco motivos pelos quais seu filho não gosta de ler (dica de mãe e não de uma especialista):


1. For obrigado a ler –  Pense comigo:  imagine que você não gostar de praia, montanha ou filmes de terror, por exemplo, mas precisa ir onde não quer ou assistir o que detesta, porque está sendo obrigado a isso. Que tédio, hein! Pois é, exatamente, assim que seu filho pensa da leitura, um tédio, já que ele poderia está fazendo o que realmente gosta. E sempre irá reclamar quando for obrigado a ler.


2. Ter a leitura como castigo – A leitura deve ser um prazer e não uma punição. Ao castigá-lo com a leitura você estará dizendo para seu filho: ler é tão desinteressante, por isso estou te colocando para fazê-lo, para pagar pelo seu erro. Assim, a criança passará a enxergar a leitura como algo ruim, e o que ficará na  memória da criança será: leitura é igual a castigo.


Lei também: 


3. Não ter um exemplo a ser seguido – Como você quer que seu filho leia se você também não lê? É bem difícil filhos de pais que não leem gostarem de ler. Pois não há exemplo a ser seguido. Seja o exemplo do seu filho! Leia para ele, mesmo quando ainda forem bebês. 


Quanto mais cedo a criança tiver contato com os livros e perceber o prazer que a leitura produz, maior será a probabilidade de se tornar um adulto leitor. (Simone Drumond Ischkanian)

 

Então, que dizer que todo filho de pais que leem gostam de ler? Seria maravilhoso! Mas, infelizmente, não. Nem todo leitor ávido tem filhos apaixonados pela leitura. Todavia, é um grande incentivo, pois, as crianças têm a tendência de imitar os adultos, não é diferente com a leitura.


4. Dar livros aleatórios para criança ler – Você lê qualquer coisa só porque gosta de ler ou seleciona os gêneros literários de acordo com seu gosto? Tenho certeza que você irá responder que seleciona. Então, por que não fazer o mesmo com a criança?

Selecione os livros de acordo com o gosto do seu filho. Se ele gosta de animais, dê livros sobre animais. Se ele tem muito interesse sobre um determinado assunto, presenteie-o com livros que irá fazê-lo se entreter por buscar informações. E assim, ele embarcará na viagem da leitura, sem nem perceber que está lendo, pois estará descobrindo coisas das quais tinha curiosidade em saber.


5. Falta de paciência dos pais – Repreender a criança no ato da leitura, seja porque lê errado ou demora para terminar uma leitura, é uma falha gigantesca. Como eu disse no tópico a cima, a leitura deve ser um prazer. Quem quer ter alguém no seu pé reclamando toda vez que você dá um tropeço com as palavras? Muito chato! Por isso, seu filho irá fazer o possível pra fugir do contato com os livros. 


Seja paciente! Permita que a criança leia no tempo dela, deixe a tranquila e a ajude pronunciar as palavras corretamente. E se ela ler a mesma palavra errada novamente, ajude-a mais uma vez ou quantas vezes forem necessário, mas nunca o recrimine ou menospreze sua capacidade de leitura. Afinal, um dos benefícios da leitura é, exatamente,  o desenvolvimento da linguagem.


A leitura abre a mente e amplia os horizontes. Quando isso é feito na primeira infância, tudo acontece de uma forma muito mais natural e prazerosa. E é essa geração de leitores que poderá transformar o mundo através da Educação e do conhecimento. Tenho absoluta convicção disso. (Isa Colli)

 

E aí, gostou das dicas? Você já cometeu algumas destas falhas com seu filho?

 Deixe seu comentário. Até o próximo post!😉

0 Comentários